segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

INFORMATIVO PAPO E BOLA TERÇA-FEIRA

UMA TAÇA GB ATÍPICA

O Campeonato Carioca encerrou o primeiro turno com várias surpresas um antigo vencedor. O Flamengo, para minha surpresa venceu a primeira batalha. Apesar da guerra continuar, a primeira fase deixou mostras de que nem sempre o que se quer é o que se consegue.

Todos sabem que o Campeonato Carioca é feito para a disputa dos quatros grandes decidirem os troféus da Taça GB, Taça Rio e consequentemente o estadual. Mas teve time destoando e os times de menor investimento aproveitou. O Vasco, o Botafogo e até o favorito Fluminense escorregaram no primeiro turno. O Flamengo mesmo desoncontrado taticamente, conseguiu graças a estrela de seus jogadores uma campanha invicta.

Dos menores, o Boavista é um dos mais estruturados. Treina no CT do Tigres do Brasil, possui uma equipe rodada e bem treinada. O Boavista, nada mais é que boa parte do time do D.Caxias, que disputa a série B do Brasileiro. Aliás, são gerenciados pelo mesmo grupo de empresários.  

Acredito que a Taça Rio seja melhor para o grandes, porém confio numa boa participação do Bangu, Olaria, Boavista e torço pela recuperação do América.

Pelo menos voltou a ser animado a competição. Vejo como ultrapassada, mas serve para acirrar a rivalidade e comentários pelas ruas, bares, trabalho. Isso sim é futebol e viva o Rio!!!

RESPIRANDO NOVOS ARES

No domingo fiz minha estreia na Rádioweb do site Futrio narrando a vitória do Flamengo 1 x0 Boavista. Foi muito bom reencontrar a galera com quem já trabalhei no ANR(América na Rede).

Para quem ainda não conhece, o FUTRIO é um site destinado a cobertura dos times menos privilegiado de informações no Rio de Janeiro. Como o foco sempre fica em torno dos 4 grandes, essa rapaziada "vai a caampo" em busca das informações sobre os demais times e campeonatos como Brasileiro Séries D,C e B; Carioca A,B e C, além de buscar informações sobre as seleções desconhecidas do grande público. Quem tiver curiosidade e quer ficar bem informado é só acessar http://www.futrio.net/ . Essa galera iniciou um projeto de transmissões desses jogos pela internet. E vem fazendo sucesso. E pelo fato de ser um trabalho honesto, respeitoso ao público, irreverente e com linguagem leve, decidi embarcar nessa. E estou muito satisfeito com o que vi. Lógico, que muita coisa pode ser feita e melhorada. Porém, aos poucos os ponteiros vão se ajustando e o trabalho fluindo da melhor maneira.

Gostaria muito que a galera que curte o Papo e Bola desse também uma atenção ao pessoal do futrio. O que importante é a grande gama de troca de informação. E isso, eles fazem como poucos. Porém, continuo com o blog. O futrio é mais uma dica que dou aos apaixonados por futebol.

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

INFORMATIVO PAPO E BOLA QUINTA-FEIRA

DIEGO SOUZA É DO VASCO


Diego Souza é o mais novo reforço cruzmaltino para a temporada 2011. O jogador que estava na reserva do Atlético-MG deve ser anunciado até sexta-feira. O meia vinha negociando com o cruzmaltino e estava insatisfeito no galo e volta ao Rio de Janeiro, após passar por Fluminense, Flamengo,Grêmio, Palmeiras e o próprio Atlético.
Agora, a Traffic possui 50%, o Vasco 40% e o Atlético-MG 10%.

Diego Souza, que estava em São Luís, no Maranhão, foi dispensado do jogo contra o IAPE-MA, pela Copa do Brasil.

O Atlético-MG havia adquirido 30% dos direitos federativos do jogador em 2010, depois vê-lo Craque do Brasileiro de 2009, pelo Palmeiras.

O Galo pagou três milhões de euros ao clube e depois comprou mais 20% da Traffic, mas não chegou a quitar o compromisso.

Em Belo Horizonte, Diego não repetiu o sucesso de 2009: jogou 32 partidas, sete como reserva, e fez só cinco gols, todos pelo Brasileiro.

No Vasco, o jogador quer recuperar o prestpigio e voltar à seleção brasileira.

Fonte: Blog Futebol, Coisa & Tal - Extra online

TREINO TERMINA EM DISCUSSÃO

"O que você falou? Quem você pensa que é?" Foi o que Willians disse para Diego Maurício no trein desta quarta-feira no Ninho do urubu.

O roupeiro Jorginho e o volante Fernando pediram calma aos jogadores, que estavam no mesmo time no treino alemão que o técnico Vanderlei Luxemburgo comandou.

Depois, Diego Maurício minimizou o fato:

- Não foi nada demais, a gente estava só conversando sobre o treino mesmo.

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

INFORMATIVO PAPO E BOLA QUARTA-FEIRA

INGRESSOS FLAMENGO X BOAVISTA

As vendas de ingressos para o jogo final da Taça Guanabara, entre Flamengo e Boavista, domingo, no Engenhão, têm início nesta quarta-feira. Os sócios do Rubro-Negro terão prioridade no primeiro dia e poderão comprar suas entradas na sede do clube, na Gávea. Para o torcedor comum, os ingressos só estarão à venda a partir de quinta-feira.

Os preços das entradas não foram alterados em relação à semifinal: variam entre R$ 30 e R$ 60 (há meia entrada). Cada torcedor, sócio ou não, só poderá adquirir até três bilhetes. Em todos os locais de venda o horário de funcionamento é de 9h às 17h.

Preços dos ingressos:
Norte: R$ 30 (R$ 15 – meia-entrada) – Área mista
Sul: R$ 30 (R$ 15 – meia-entrada) - Flamengo
Oeste Inferior: R$ 60 (R$ 30 – meia-entrada) - Flamengo
Oeste Superior: R$ 40 (R$ 20 – meia-entrada) - Flamengo
Leste Inferior: R$ 60 (R$ 30 – meia-entrada) - Flamengo
Leste Superior: R$ 40 (R$ 20 – meia-entrada) – Flamengo

Pontos de venda:
Bilheterias da Gávea (Praça N. S. Auxiliadora)
Bilheteria Sul do Engenhão
Bilheterias do São Cristóvão F.R
Bilheterias das Laranjeias
Bilheterias do Ginásio do Tijuca Tênis Clube
Rua São João nº. 34 loja 114 – Centro – Niterói
Loja Mania de Torcedor - Rua Cel. Moreira César, 265 2º Piso estande 02 - Icaraí - Niterói (exceto aos domingos)
HSBC Arena - Av. Abelardo Bueno, 3401 - Barra da Tijuca.
Site da Ingresso Fácil (www.ingressofacil.com.br)

PODEROSO CHEFÃO

O futebol brasileiro pode estar tomando um rumo perigoso às vésperas de disputa de uma Copa do Mundo. A política esportiva está em ebulição, após a CBF homologar o Flamengo como detentor do título brasileiro de 1987, ao lado de Sport, já reconhecido para a instituição. Tal decisão chamou a atenção de todos. Porém, muita coisa ainda está por trás dos bastidores, que aos poucos vamos revelar aqui no Papo e Bola.

Vamos começar a destrinchar essa história pelo mandatário da CBF, Sr. Ricardo Teixeira, a frente da instituição desde 1989, sucedendo Octávio Pinto Guimarães, após derrotar na eleição o vice-presidente da entidade, Nabi Abi Chedid. Encontrou a entidade quase sem condições de arcar com os custos da preparação da seleção brasileira para a Copa do Mundo de 1990, na Itália. São praticamente 21 anos no poder.

Escândalos atingiriam a gestão de Teixeira, que é marcada por denúncias, com acusações de nepotismo no preenchimento de cargos na CBF, pagamento de viagens para países sedes da Copa do Mundo a magistrados e outras autoridades, importação irregular de equipamentos para sua choperia El Turf, no Rio de Janeiro, após a Copa de 1994, a celebração de contratos lesivos para o futebol brasileiro, em especial com a fabricante de artigos esportivos Nike, omissão das declarações de rendimentos apresentadas nos exercícios de 1991, 1992 e 1993 dos valores por ele mensalmente auferidos, omissão de rendimentos provenientes de atividades rurais nas fazendas Santa Rosa I e II, localizadas no município de Piraí/RJ.

Também deu dinheiro da CBF para campanhas políticas de dirigentes esportivos, com o intuito de manter no Congresso Nacional uma bancada de deputados e senadores para defender a seus interesses (manter-se no controle da CBF, impedir investigações sobre corrupção dentro da CBF), que ficou conhecida como bancada da bola. Com a montagem deste esquema de poder, assegurou suas quatro reeleições.

Em 1998, vê-se envolvido em comissões parlamentares de inquérito na Câmara de Deputados e no Senado Federal, mas, com auxílio de congressistas fiéis, consegue se livrar das acusações. Prestou depoimento em duas CPIs, a do futebol e a da CBF-Nike.

Em 2000, Ricardo Teixeira prestou depoimento na CPI do Futebol. Até 1996 a CBF apresentava lucro. Neste ano assinou um contrato com a Nike de 160 milhões de dólares e a partir de então começou a ter prejuízos, ano após ano. A entidade então tomou dinheiro emprestado de origem duvidosa, pagando juros muito mais altos do que o de mercado, em alguns casos de cerca de 43%. Descobriu-se uma série de empresas suas e de comparsas ligadas a transações irregulares de dinheiro. Afirmou em depoimento na CPI que havia ganhado tanto dinheiro investindo em ações, mesmo sabendo-se que havia falido neste ramo no início de sua carreira. Também prestaram depoimentos Vanderlei Luxemburgo, Eurico Miranda e o empresário J.Hawilla. A Receita Federal autuou a CBF em R$ 14.408.660,80 por dívidas com o Fisco.

Na CPI da CBF-Nike, que contou com declarações de Zagallo, João Havelange e do atacante Ronaldo, Ricardo Teixeira foi acusado por Aldo Rebelo de fazer complô para tentar enfraquecer o trabalho das CPIs, por unir forças com Pelé, que antes o acusava de corrupção. Teixeira prestou esclarecimentos sobre a CBF, atividades pessoais e de suas empresas, como o restaurante carioca El Turf. Em janeiro de 2002, Teixeira obteve liminar da Justiça proibindo a impressão e distribuição do livro "CBF-Nike", de autoria dos deputados Sílvio Torres e Aldo Rebelo. A obra relatava todas as investigações que devassaram seus negócios.[ Atualmente Aldo Rebelo é amigo pessoal e confidente de Ricardo Teixeira. Está disponível na internet um resumo do relatório final da CPI.

Em 2007, a bancada da bola agiu novamente sob influência de Ricardo Teixeira e de 12 governadores,que previamente foram à Europa à convite de Ricardo Teixeira, por ocasião da escolha do país sede da copa do mundo de 2014, para impedir a instalação da CPMI do Corinthians/MSI, com a retirada de votos a favor da CPMI na última hora. O argumento era que a CPI poderia influenciar na escolha da sede. No epsódio, 71 parlamentares mudaram de opinião, e apenas 3 se justificaram.

Sobre o epsódio, Juca Kfuri escreveu: "Momento trágico: Nada mais repulsivo que a campanha do presidente da CBF contra a CPMI Corinthians/MSI. E nada mais revelador de quem são alguns parlamentares de todos, rigorosamente todos, os grandes partidos. Daí o "jogo da família" ter sido o do senta, levanta. Elementar." Em seu blog, Juca Kfuri publicou ainda a lista com os nomes dos parlamentares que mudaram seus votos. São 18 parlamentares mineiros e 8 paulistas, entre muitos outros.

Por ocasião da escolha das cidades que receberiam jogos da copa, o apoio político à Ricardo Teixeira esteve ameaçado brevemente. Porém, novamente, a corrupção na CBF não esteve ameaçada.

A senadora Ideli Salvatti (PT-SC), que não apoiou o pedido de abertura da CPMI, declarou "Será que teremos de apoiar a CPMI de Corinthians e MSI para que expliquem em Brasília a escolha das cidades?" Numa clara atitude "toma-lá-da-cá".

Fonte: Wikipédia*

BRASIL X HOLANDA - NO SERRA DOURADA

Foi confirmada pela Federação Goiana de Futebol que a Seleção Brasileira irá enfrentar a Holanda, no dia 04 de junho, no estádio Serra Dourada. O amistoso servirá de preparação para o time de mano menezes que em julho terá pela frente a COPA AMÉRICA, que será disputada na Argentina.

O Brasil fará um outro amistoso no dia 07 ainda sem adversário definido.


A GUERRA DOS DIREITOS DE TRANSMISSÃO

Quatro veículos estão diretamente interessados em possuir os direitos do Campeonato Brasileiro no triênio 2012-2013-2014. GLOBO, RECORD, ESPN, REDE TV.  O CLUBE DOS 13 que sempre negociou as cotas de transmissão adotou um sistema de cálculos criado pela ESCOLA POLITÉCNICA DE SÃO PAULO, onde eram medidos os horários disponíveis por cada emissora, destaque na programação, picos de audiência,  o valor pago para a veiculação da publicidade dentro da emissora nessa faixa horária proposta. Mas o fator definitivo era o maior valor da proposta.
Com os altos valores estipulados com o orgão (lance mínimo de R$ 500 milhões) a GLOBO começou a "tirar o corpo fora" eo CLUBE DOS 13  a abandonar o cálculo. Assim, a visibilidade e importância que o brasileirão terá na emissora carioca seria considerado, e a Globo poderia conseguir os direitos mesmo pagando um valor menor que a Record, que está disposta a concorrer abertamente.


***A alta cúpula da  RECORD  decicou a última quarta-feira (09) para discutir sobre as futuras transmissões esportivas do canal: as Olimpíadas de Londres em 2012 e o Campeonato Brasileiro - que pode ser exclusiva dela a partir do ano que vem.

Sobre o Brasileirão, o bispo Honorilton Gonçalves, o número 1 da emissora, esteve dia 09 de fevereiro, na sede do CLUBE DOS 13, para uma demorada reunião. Foi uma conversa preliminar entre a entidade e o cara que realmente manda na  RECORD  sobre esta que é a mais importante concorrência deste ano para as TV's brasileiras. Para quem não sabe, a Record ofereceu mais de três vezes o valor pago pela Globo para transmitir os jogos do Brasileirão a partir de 2012, ou seja, cifras calculadas em pouco mais de 1 bilhão de reais.

A  RECORD  também convocou para o mesmo dia uma reunião com representantes da Globosat, BandSports e Espn Brasil, além de outros detentores de direitos da Olimpíada de Londres. O assunto foi a questão do credenciamento, pois a insatisfação é geral. A Record estaria tentando limitar o número de credenciados por veículo
***FONTE: midiaesporte.com

A indefinição por parte do CLUBE DOS 13 fez a GLOBO se armar e oferecer a Corínthians e Flamengo uma fatia maior que a oferecida no CLUBE DOS 13. Graças aos contatos da TRAFFIC, também interessada no processo, a empresa deve levar outros clubes juntos e formar um novo GRUPO.

A mídia de Goiás já cogita, caso exista o racha uma nova e tão temida "VIRADA DE MESA" e o Goiás, rebaixado na bola em 2011, ressurgiria na "elite", muito semelhante a Bahia e Fluminense, em 2000.

De acordo com os geraldinos.terra.com.br estaria propenso a deixar o clube dos 13 e junto com FLAMENGO, CORITBA, BOTAFOGO, CRUZEIRO, SANTOS,VASCO E VITÓRIA formar uma LIGA, com o apoio irrestrito da GLOBO E CBF.

Só sei que amanhã é dia de reunião no CLUBE DOS 13 e muita coisa vai rolar até lá. É ficar atento aos novos fatos que vão se desenrolar. Espero que o bom senso prevaleça e os resultados do campo também.

 

A REPERCUSÃO NOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO

A decisão repentina da CBF em homologar o título de 1987 vem mantendo uma grande repercursão na mídia brasileira. Na segunda-feira, o JORNAL NACIONAL informou em sua "escalada", a façanha cometida pela CBF, mas em momento nenhum abordou os verdadeiros interesses da Confederação e da própria emissora.



Já a RECORD partiu para o ataque e criticou duramente a atitude de Ricardo Teixeira, dando ênfase ao São Paulo, a decisão judicial que sempre deu ao Sport o título unitário daquele ano e inclusive mencionou, nas entrelinhas o possível abandono de Fla e Timão, do CLUBE DOS 13.



Já a ESPN, no programa LINHA DE PASSE, preferiu adotar uma linha editorial de crítica direta a CBF, principalmente a figura de Ricardo Teixeira, feita pelo jornalista Juca Kfouri, que abrangeu toda a história desde a COPA UNIÃO e fizeram questão de lembrar a rasteira dada por Teixeira no São Paulo, que viu o Morumbi ficar fora da COPA DE 2014. Porém, a emissora usou de cautela e tachou como vergonhosa, atrasada e ainda debochou desse "rinha" pela tal "TAÇA DE BOLINHAS"

A REDE TV também interessada em ter o BRASILEIRÃO no triênio 2012-2014 criticou veladamente a conduta da CBF e fez questão de reduzir o espaço do Corínthians em seu noticiário esportivo, apesar do Timão ter alavancado o futebol da emissora quando esteve na Série B, transmitida por ela.

BAND TRANSMITE COMERCIAL-MS X VASCO PARA RJ

Confira as informações sobre a transmissão do jogo Comercial-MS x Vasco (23/02/2011 - QUA - 21h50) pela TV:

TV ABERTA

- Bandeirantes (RJ e parte da rede)

TV FECHADA

- Sportv 2 (ao vivo para o RJ)
- Canal alternativo do Sportv* (ao vivo para todo o Brasil)
- ESPN Brasil (ao vivo para todo o Brasil)

* Consulte sua operadora de TV por assinatura

- Sportv (VT completo às 3h30 de 5ª-feira, 24/02)
- ESPN Brasil (VT completo às 4h30 de 6ª-feira, 25/02)

PAY-PER-VIEW

- Não haverá transmissão ao vivo

- Não está programada a exibição de VTs completos ou compactos

EXTERIOR

- Não haverá transmissão ao vivo

- PFC Internacional (VT completo às 2h30 de 5ª-feira, 24/02)
Atenção: Informações colhidas nos sites das emissoras e/ou dos organizadores da competição e sujeitas a modificações sem prévio aviso. Todos os horários, mesmo os referentes às transmissões para o exterior, são os de Brasília (GMT-3).

Fonte: NETVASCO

VASCO TEM NOVA CANDIDATURA ANUNCIADA

Nota publicada pelo site da Cruzada Vascaína, movimento de oposição na política do Vasco:

"Agora é oficial: LEO PRESIDENTE !

Em pleito interno realizado hoje à noite, na Casa da Vila da Feira e Terras de Santa Maria, sede deste movimento político, dezenas de associados e membros da diretoria da Cruzada elegeram por aclamação o atual Presidente do grupo Leo Gonçalves como candidato da Cruzada Vascaína para o pleito do Vasco neste ano de 2011.

Leonardo, 37 anos, é casado, empresário do setor de informática e de eventos. Diretor não remunerado das categorias de base do CRVG durante o mandato anterior entre 2004 e 2008 (quando participou de um vitorioso trabalho que rendeu aos cofres do Club mais de R$ 40 milhões, orinundos da negociação de revelações como Phillipe Coutinho, Alex Teixeira, Alan Kardec e Souza), foi apontado por todos os presentes como o melhor representante para capitanear os projetos propostos pela Cruzada Vascaína em um elaborado plano de governo lançado há oito dias.

Em meio a uma animada reunião, onde também foi analisada a repercussão sobre o lançamento do plano de governo proposto pelo grupo e delineado os próximos passos da campanha, ficou definido que será realizado um evento de lançamento da candidatura que ocorrerá no dia 14 de Março deste ano, após o Carnaval, também na Casa da Vila da Feira quando serão convidados, entre outros, membros da imprensa, associados do Vasco, representantes da Torcida Vascaína (inclusive das organizadas) e de Foruns Vascaínos na internet.

Humilde e sempre com o bem do Club como seu interesse máximo, Léo agradeceu o carinho e confiança dos membros da Cruzada e fez questão de frisar que não será capaz de tornar sua administração vencedora atuando sozinho, contando impreterivelmente com o apoio de todos como sempre ocorreu.

Leonardo ainda emocionado, agradecendo a todos, contou que sua maior obra para o Vasco, até aqui, já nem é mais sua passagem vitoriosa na base do Club e sim a consolidação da Cruzada Vascaína (seus ideais, princípios e propostas) - hoje, uma realidade estabelecida e sólida no Vasco, idealizada e construída por ele em sociedade com cada membro deste grupo que resume a instituição formada com o lema “VASCO ACIMA DE TUDO!”.

Em sua trajetória, Leonardo preferiu, ao deixar a administração passada no pleito de 2008 não se acomodar na posição de um sócio (votando naqueles que, face as opções existentes, acreditava ser o melhor para o Vasco) e torcedor (estimando sempre o melhor para o Vasco, independente de quem assumisse), fundar um grupo político para servir como uma via alternativa, uma Terceira Via, que buscasse somente o bem do Club, que fizesse um oposição responsável, construtiva, de teor fiscalizador e que levasse aos Vascaínos a mensagem de que é possível fazer oposição com respeito, com civismo, com diálogo e apenas com o interesse único de sucesso para o Vasco da Gama.

Agora uma nova estapa da campanha da Cruzada é alcançada – enquanto o grupo continua a dinâmica de trazer mais contribuições e detalhamentos ao plano de governo lançado e atua na formatação da chapa que concorrerá ao pleito, o comitê de campanha avança na promoção do lançamento da candidatura do presidenciável Léo Gonçalves .

Mais novidades deverão ser aguardadas até o evento do dia 14/03, estejam atentos.

Nem “velho” Vasco, nem “novo” Vasco… Somos VASCO!

Fonte: Assessoria de Imprensa – Cruzada Vascaína (2011)"

Fonte: Cruzada Vascaína

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

INFORMATIVO PAPO E BOLA TERÇA-FEIRA

A NAÇÃO TEM QUE FICAR ATENTA

Não foi só a homologação do título de 1987 que aconteceu para o Flamengo, nessa nova jornada política do clube. A torcida deve ficar atenta para os novos acontecimentos políticos durante a semana.

Na próxima quarta-feira haverá uma reunião dos Clube dos 13 que pode celar as saídas de Flamengo e Corínthians do grupo dos "grandes times do Brasil". Hoje, as duas maiores nações, em termos de torcida estariam apoiando a CBF, antes inimiga desses clubes. A Confederação tinha o interesse em ter Kléber Leite, ex-presidente do Fla, como mandatário do Clube dos 13 na gestão 2010-2013. Porém, o São Paulo através de Jovenal Juvêncio, aliado na época a Patrícia Amorim conseguiu eleger Fábio Koff, que para interesse desses clubes, seria o melhor gestor e na ocasião enfraqueceria a CBF.

Quando a decisão saiu a favor de Koff, Ricardo Teixeira viu perder uma importante batalha pela permanência no poder, não à guerra. No dia seguinte retirou do Morumbi a chance de sediar a Copa de 2014. Por outro lado, não pode tirar do São Paulo, a tão discutida "TAÇA DE BOLINHA", já que havia tomado a decisão de entregar o troféu desde 2009.

O presidente da CBF tratou de se armar e buscou os aliados. A TV GLOBO que organiza a COPA DE 2014 junto com a entidade começa a enxergar o clube dos 13 como "persona non grata", já que o grupo começa a negociar direitos de transmissão com outras emissoras ( RECORD E ESPN). A TV GLOBO, por sua vez, passou a procurar a TRAFFIC, que sempre esteve próxima a emissora, cuja empresa de marketing esportivo possui grande influência em clubes como Palmeiras, Grêmio, Atlético-MG, Flamengo, Corínthians, Vasco, entre outros. A aproximação do presidente do Corínthians com Ricardo Teixeira também sempre foi evidente e preponderante para a atual situação.

Então, Andrés Sanches foi o responsável em reaproximar Flamengo e CBF. A questão da renegociação dos direitos de transmissão pesam principalmente para as duas maiores torcidas do Brasil. É e sempre foi de interesse desses dois clubes a maior fatia no bolo na negociação com a TV.  A TRAFFIC, ligada a TV GLOBO coloca  Ronaldinho Gaúcho no Flamengo, que agora conta com um grande garoto propaganda. Contudo, a TRAFFIC aproximou Flamengo e TV GLOBO. Não é à toa que quase todos os jogos do Flamengo foram transmitidos pela "Vênus Platinada". Só o jogo contra o Londrina e o jogo contra o Americano, num meio de semana, não foram transmitidos. Isso sem levar em conta o pay-per-view.  Lembrando que a TRAFFIC também ganha nos direitos das placas de publicidade dos jogos televisionados.

Aí, Ricardo Teixeira estaria dando uma "tacada de mestre" unindo forças como TV GLOBO, TRAFFIC, Flamengo, Corínthians e diluindo a força do Clube dos 13, como sempre foi a vontade dele. O "Poderoso Chefão" ainda sonha em ser Presidente da FIFA, com o lobby do ex-sogro João Havelange. Todavia, não quer "largar o osso" no Brasil. Está apenas "armando a cama" para um de seus homens de confiança assumir a Confederação no futuro (Andrés Sanches).


ENTENDA ATRAVÉS DO ORGANOGRAMA A BRIGA POLÍTICA NO FUTEBOL BRASILEIRO


O PODEROSO CHEFÃO l

esportes.terra.com.br
O futebol brasileiro pode estar tomando um rumo perigoso às vésperas de disputa de uma Copa do Mundo. A política esportiva está em ebulição, após a CBF homologar o Flamengo como detentor do título brasileiro de 1987, ao lado de Sport, já reconhecido para a instituição. Tal decisão chamou a atenção de todos. Porém, muita coisa ainda está por trás dos bastidores, que aos poucos vamos revelar aqui no Papo e Bola.

Vamos começar a destrinchar essa história pelo mandatário da CBF, Sr. Ricardo Teixeira, a frente da instituição desde 1989, sucedendo Octávio Pinto Guimarães, após derrotar na eleição o vice-presidente da entidade, Nabi Abi Chedid. Encontrou a entidade quase sem condições de arcar com os custos da preparação da seleção brasileira para a Copa do Mundo de 1990, na Itália. São praticamente 21 anos no poder.

Escândalos atingiriam a gestão de Teixeira, que é marcada por denúncias, com acusações de nepotismo no preenchimento de cargos na CBF, pagamento de viagens para países sedes da Copa do Mundo a magistrados e outras autoridades, importação irregular de equipamentos para sua choperia El Turf, no Rio de Janeiro, após a Copa de 1994, a celebração de contratos lesivos para o futebol brasileiro, em especial com a fabricante de artigos esportivos Nike, omissão das declarações de rendimentos apresentadas nos exercícios de 1991, 1992 e 1993 dos valores por ele mensalmente auferidos, omissão de rendimentos provenientes de atividades rurais nas fazendas Santa Rosa I e II, localizadas no município de Piraí/RJ.

Também deu dinheiro da CBF para campanhas políticas de dirigentes esportivos, com o intuito de manter no Congresso Nacional uma bancada de deputados e senadores para defender a seus interesses (manter-se no controle da CBF, impedir investigações sobre corrupção dentro da CBF), que ficou conhecida como bancada da bola. Com a montagem deste esquema de poder, assegurou suas quatro reeleições.

Em 1998, vê-se envolvido em comissões parlamentares de inquérito na Câmara de Deputados e no Senado Federal, mas, com auxílio de congressistas fiéis, consegue se livrar das acusações. Prestou depoimento em duas CPIs, a do futebol e a da CBF-Nike.

Em 2000, Ricardo Teixeira prestou depoimento na CPI do Futebol. Até 1996 a CBF apresentava lucro. Neste ano assinou um contrato com a Nike de 160 milhões de dólares e a partir de então começou a ter prejuízos, ano após ano. A entidade então tomou dinheiro emprestado de origem duvidosa, pagando juros muito mais altos do que o de mercado, em alguns casos de cerca de 43%. Descobriu-se uma série de empresas suas e de comparsas ligadas a transações irregulares de dinheiro. Afirmou em depoimento na CPI que havia ganhado tanto dinheiro investindo em ações, mesmo sabendo-se que havia falido neste ramo no início de sua carreira. Também prestaram depoimentos Vanderlei Luxemburgo, Eurico Miranda e o empresário J.Hawilla. A Receita Federal autuou a CBF em R$ 14.408.660,80 por dívidas com o Fisco.

Na CPI da CBF-Nike, que contou com declarações de Zagallo, João Havelange e do atacante Ronaldo, Ricardo Teixeira foi acusado por Aldo Rebelo de fazer complô para tentar enfraquecer o trabalho das CPIs, por unir forças com Pelé, que antes o acusava de corrupção. Teixeira prestou esclarecimentos sobre a CBF, atividades pessoais e de suas empresas, como o restaurante carioca El Turf. Em janeiro de 2002, Teixeira obteve liminar da Justiça proibindo a impressão e distribuição do livro "CBF-Nike", de autoria dos deputados Sílvio Torres e Aldo Rebelo. A obra relatava todas as investigações que devassaram seus negócios.[ Atualmente Aldo Rebelo é amigo pessoal e confidente de Ricardo Teixeira. Está disponível na internet um resumo do relatório final da CPI.

Em 2007, a bancada da bola agiu novamente sob influência de Ricardo Teixeira e de 12 governadores,que previamente foram à Europa à convite de Ricardo Teixeira, por ocasião da escolha do país sede da copa do mundo de 2014, para impedir a instalação da CPMI do Corinthians/MSI, com a retirada de votos a favor da CPMI na última hora. O argumento era que a CPI poderia influenciar na escolha da sede. No epsódio, 71 parlamentares mudaram de opinião, e apenas 3 se justificaram.

Sobre o epsódio, Juca Kfuri escreveu: "Momento trágico: Nada mais repulsivo que a campanha do presidente da CBF contra a CPMI Corinthians/MSI. E nada mais revelador de quem são alguns parlamentares de todos, rigorosamente todos, os grandes partidos. Daí o "jogo da família" ter sido o do senta, levanta. Elementar." Em seu blog, Juca Kfuri publicou ainda a lista com os nomes dos parlamentares que mudaram seus votos. São 18 parlamentares mineiros e 8 paulistas, entre muitos outros.

Por ocasião da escolha das cidades que receberiam jogos da copa, o apoio político à Ricardo Teixeira esteve ameaçado brevemente. Porém, novamente, a corrupção na CBF não esteve ameaçada.

A senadora Ideli Salvatti (PT-SC), que não apoiou o pedido de abertura da CPMI, declarou "Será que teremos de apoiar a CPMI de Corinthians e MSI para que expliquem em Brasília a escolha das cidades?" Numa clara atitude "toma-lá-da-cá".

Fonte: Wikipédia*

CARTA DO TORCEDOR


Carta aberta de um torcedor que se identifica como "verdadeiramente campeão"

“Tenho uma recordação muito valiosa do título de 1987. Apesar de estar com apenas 6 anos, naquela época, o futebol me fascinava, o Flamengo já tomava conta do meu coração. Lembro muito bem dos jogos contra o Atlético-MG, no Mineirão, que Renato Gaúcho que fez cair aos seus pés, um desolado João Leite. Aquele jogo, assisti com um terrível cisco, que caiu no meu olho e fez parar no hospital, no dia seguinte. Lacrimejava demais, apesar da dor, no fim, as lágrimas foram de alegria.

Mas, a final teria muito mais emoção. No primeiro, jogo Bebeto acertaria uma bela bicicleta, que explodiu no travessão. Com muita garra, o meu mengão segurou firme o empate.




No dia 06 de dezembro acordei tenso, nervoso e quando brincava de bola no playground imaginava como seria o gol da vitória. A frente da TV, preto e branca, assistia deitado na cama de meus pais a epopeia rubro-negra. Quando Bebeto tocou rasteiro na saída de Taffarel voei como um pássaro, um urubu alegre sobre o pescoço de minha franzina irmã, que como eu, meu pai e 35 milhões de torcedores comemorava, mais um gol. O gol que daria ao mengão o seu quarto título brasileiro.

Assim como minha infância, minha inocência foi ficando para trás e a maturidade me fez engolir muitas coisas na vida. Uma delas, de que meu time não era verdadeiramente campeão daquele ano. Eu vivi, senti aquela emoção! E como não posso ter meu sorriso reconhecido? Mais uma vez os homens estavam destruindo um sonho de criança, graças aos seus interesses.

O tempo foi passando e com ele a minha certeza, de campeão. As discussões em torno disso também. No bar, no colégio, nas ruas. Assim como todos os soldados desta nação defendia com unhas e dentes essa façanha. Era o meu troféu, o meu título que estava ali, alijado pelas mazelas políticas do país da bola. Porém, defendi, honrei como todos os 35 milhões de fanáticos.

Demorei 30 anos de minha vida para ver reconhecido o meu título, a minha conquista infantil, pois a partir daquele 06 de dezembro tinha ainda mais certeza de que era Flamengo, que havia nascido assim, Flamengo, de alma, de pele, de títulos. Os homens concertaram seus erros, voltaram atrás de decisões errôneas. Assim, hoje, mais do que nunca grito nos estádios. SOU RUBRO-NEGRO DE CORAÇÃO /// EU SOU DO TIME QUE É HEXACAMPEÃO!!!”

RECONHECIMENTO DO HEXA


Por: Rodrigo Gomes e Pedro Cocan


A polêmica sobre “O caso da Taça de Bolinha” continua com a homologação da CBF, dando ao Flamengo o reconhecimento do título da Copa União de 1987, como campeão brasileiro. A decisão vem uma semana depois do São Paulo receber o troféu, numa cerimônia esvaziada pela GLOBO, que trabalha lado a lado com a CBF para a “organização” da Copa de 2014. O caso pegou o São Paulo de surpresa e o diretor jurídico do clube, Kalil Rocha Abdalla, inclusive, disse que Ricardo Teixeira está indo contra uma decisão judicial e que o clube não corre risco de perder a Taça das Bolinhas.

- A taça é nossa e ponto final. Como a CBF pode ter ido contra uma decisão judicial? Existiu um processo que tramitou, foi julgado e que definiu o Sport como campeão brasileiro de 1987. Não tem como mudar essa decisão. Para que serve a Justiça então? Essa questão está definida, não tem como ser reaberta. Se o Flamengo entrar na Justiça, vamos analisar a ação, é difícil dizer o que pode ser feito agora – ressaltou o advogado, em conversa com a reportagem do GLOBOESPORTE.COM.

O Flamengo assim que soube do caso entrou com um pedido de busca e apreensão, através de seu departamento jurídico e um pedido de indenização, no valor de R$500 mil, junto a Caixa Econômica Federal, que mantinha “A Taça” num cofre, em sua sede no Rio de Janeiro.

A luta pelo reconhecimento ganhou mais força, depois que a CBF resolveu no final do ano de 2010, reconhecer como campeões brasileiros os clubes campeões da Taça Brasil, disputada entre 1959 e 1968, e o Torneio Roberto Gomes Pedrosa, disputado entre 1967 e 1970. Na época, apenas o Flamengo não foi reconhecido, por força de uma decisão judicial favorável ao Sport.

Segundo Ricado Teixeira, os argumentos agora apresentados pelo Flamengo foram considerados bem fundamentados por dois juristas consultados pela CBF, o diretor-jurídico da entidade, Carlos Eugênio Lopes, e o jurista Álvaro Santos.


terceirotempo.ig.com.br

O que foi declarado hoje apaga, por completo, o que a CBF havia decidido quando homologou os títulos da Copa Brasil e do Torneio Roberto Gomes Pedrosa. Na ocasião, Ricardo Teixeira disse que estava apenas seguindo a decisão judicial e que o Flamengo, não teria chance alguma de declarar o rubro-negro Carioca, campeão brasileiro de 1987. O Sport por sua vez teve o título confirmado judicialmente em 1994, por decisão do juiz Élio Wanderley de Siqueira Filho, da 10ª Vara de Justiça Federal de Pernambuco. Em março de 1999, o ministro do STJ, Waldemar Zveiter, não julgou o mérito do caso e aceitou a decisão da justiça pernambucana. Em 2001 terminou o prazo do Flamengo recorrer e o caso dado judicialmente como encerrado.

Hoje, a CBF voltou atrás e declarou o Flamengo Campeão Brasileiro de 1987. Mas, essa decisão não vem de graça. A aproximação entre CBF e Flamengo vem sendo articulada pelo presidente do Corínthians, Andrés Sanches, que assim como o rubro-negro pretende negociar novas cotas de direitos de transmissão. As duas maiores torcidas do Brasil não andam satisfeitas com as negociações conduzidas pelo clube dos 13, da qual ainda fazem parte.

globoesporte.com
Como o maior "inimigo" politico da Confederação é o Clube dos Treze existe a tentativa de enfraquecer, nos bastidores o grupo dos "maiores times do Brasil" e fortalecer a instituição como mandatária no futebol brasileiro. A cartada para CBF seria a saída de Corínthians e Flamengo do Clube dos Treze para formar um outro grupo, que teria outros grandes incluídos e diluir o poder desse grupo. Porém, a coisa não tão simples como parece, já que Patricia Amorim é vice-presidente do Clube dos 13 e caso queira retirar o rubro-negro da associação teria que se ausentar do cargo.


FRED FORA CONTRA O NACIONAL-URU

Wallace Teixeira - Photocamera
O atacante Fred está fora do próximo jogo do Fluminense, diante do Nacional-URU, pela Libertadores, quarta-feira, às 22h, no Engenhão.

O jogador foi substituído no Intervalo de jogo, contra o Boavista, no empate em 2 a 2, que gerou a eliminação do Flu no primeiro turno do Campeonato Estadual.

O problema de Fred, que passou boa parte da temporada passada fora de campo, foi o primeiro em 2011. Segundo o médico Victor Favilla informou, através da assessoria de imprensa do Fluminense, a lesão de Fred aconteceu na mesma panturrilha, mas em outro músculo.

A expectativa do departamento médico tricolor é de que o atacante esteja à disposição de Muricy Ramalho para o compromisso do dia 2 de março, contra o América-MEX, na Cidade do México.

No treinamento desta segunda-feira, nas Laranjeiras, Rafael Moura e Gum não participaram do trabalho, mas não são problemas para quarta. O atacante se recupera de dores lombares, enquanto o zagueiro foi poupado por causa de uma tendinite na coxa esquerda.

O Fluminense estreou na Libertadores empatando com o Argentinos Juniors em 2 a 2, no Engenhão. A liderança do grupo 3 é do América, que derrotou o Nacional por 2 a 0, na Cidade do México.

DETALHES DA NOVA CAMISA DO FLA

globoesporte.com
O Flamengo vai lançar no dia 01 de março seu novo uniforme.  O novo "manto vem com uma marca d´agua relembrando o título mundial de 1981, conquistado no Japão e a frase " a maior torcida do mundo faz a diferença", escrita num mosaico pela torcida num Maracanã com 83.489 torcedores, no jogo contra o Goiás, no Brasileirão 2009. 

O dia de lançamento coincide com a data de aniversário da cidade do Rio de Janeiro.

A diretoria e a TRAFFIC vem encontrando dificuldades para conseguir um patrocinador master para o futebol do clube. A diretoria rubro-negra gostaria de fechar um acordo de no mínimo R$ 25 milhões por um ano, semelhante ao que tinha com a empresa de laticínios. Porém com a instabilidade no mercado, poucas empresas estariam dispostas a bancar tal quantia, mesmo tendo Ronaldinho Gaúcho, como garoto propaganda. Ainda existe "um pé atrás" com o comportamento extra-campo do jogador, que de inicio tem agradado a diretoria, já que deixa para aproveitar a vida noturna em dias de folga. E a aparição do jogador em seu ciclo social, tem sido positiva por parte da grande mídia.


CBF RECONHECE TÍTULO DO FLA EM 1987

A CBF, enfim reconheceu o titulo do Flamengo de campeão brasileiro de 1987. Após anos de brigas na justiça e a polêmica da Taça de Bolinhas com o São Paulo, a Confederação, que tem outros interesses polítcos homologa o rubro-negro como hexacampeão brasileiro.

Agora, para a CBF, houve dois campeonatos brasileiros naquele ano, um conquistado pelo Fla, outro pelo Sport. Inter e Guarani são os vices. O diretor jurídico da CBF, Carlos Eugênio Lopes, confirmou a informação.

- O Flamengo apresentou no início de fevereiro um estudo complexo pedindo que a CBF reconsiderasse a decisão de 1987 e reconhecesse o Flamengo como campeão junto com o Sport. O presidente Ricardo Teixeira repassou para mim o estudo e, diante dos novos argumentos, vimos que seria justo e isso não causaria problemas jurídicos a ninguém - disse.FONTE GLOBOESPORTE.COM

Patrícia Amorim comemorou muito a vitória nos bastidores.

- Esse é um dia histórico para o Flamengo. Quero homenagear todos os jogadores da campanha de 87 e o técnico Carlinhos. Vocês são agora os legítimos campeões de 87, e o Flamengo tem de direito seis títulos de campeão brasileiro - disse, em entrevista ao site oficial da CBF. FONTE GLOBOESPORTE.COM

Mas, essa decisão não vem de graça. A aproximação entre CBF e Flamengo vem sendo articulada pelo presidente do Corínthians, Andrés Sanches, que assim como o rubro-negro pretende negociar novas cotas de direitos de transmissão. As duas maiores torcidas do Brasil não andam satisfeitas com as negociações conduzidas pelo clube dos 13, da qual ainda fazem parte.

Como o maior "inimigo" politico da Confederação é o Clube dos Treze existe a tentativa de enfraquecer, nos bastidores o grupo dos "maiores times do Brasil" e fortalecer a instituição como mandatária no futebol brasileiro. A cartada para CBF seria a saída de Corínthians e Flamengo do Clube dos Treze para formar um outro grupo, que teria outros grandes incluídos e diluir o poder desse grupo. Porém, a coisa não tão simples como parece, já que Patricia Amorim é vice-presidente do Clube dos 13 e caso queira retirar o rubro-negro da associação teria que se ausentar do cargo.

Após a Copa de 2014 é muito provável que Ricardo Teixeira deixe o comando da CBF para tentar o cargo de presidente da FIFA e aproveitar o lobby feito pelo sogro, João Havelange. Quer deixar a presidência da instituição, mas não quer peder o poder. Quer deixar como mandatário da CBF alguém de sua confiança. Para isso dependerá do voto das 26 federações e a influência do Clube dos 13 pode ser perigosa para a permanência no poder. Por isso enfraquecer o "adversário" é uma das plataformas de governo. Com homologação contará com um forte aliado, atrelado ao Corínthians, com quem a CBF mantém estreitas relações.

Vários capítulos surgiram nessa história, mas, para o torcedor o que vale é o título. E agora, de forma legal, o Flamengo pode cantar, como sempre cantou, HEXACAMPEÃO!!!!

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

O FUTEBOL E O CIGARRO

José Mariano - Ag. Estado
A publicação da foto de Ronaldo fumando cigarro na festa promovida por sua empresa, numa homenagem ao cliente Anderson Silva, dono do cinturão no UFC, trouxe à tona a polêmica esportista x vicio.

Cientificamente pode ser prejudicial, para a imagem do atleta também não pega bem, mas, no fundo, quando o profissional se garante não atrapalha em nada.

Desde antes da Copa de 2006, alguns amigos que frequentam à noite no Rio e em São Paulo, já haviam me afirmado que viram o "fenômeno" dando alguns tragos. Essa informação foi consolidada na Copa de 2006. Não só ele, mas Roberto Carlos são adeptos ao fumo. Isso inclusive gerou um certo desconforto no elenco, mas o treinador Parreira nunca se meteu. De acordo com o blog do Perrone, no uol esportes, o goleiro Marcos também dá suas tragadas, longe das objetivas das câmeras. Mas, quando foi noticiado que o pentacampeão fumava, ele automaticamente não gostou e ainda ameaçou delatar jornalistas que gostavam de uma boemia e orgias, além de apontar os homossexuais enrustidos. A verdade é que com essa atitude Marcos "esvaziou" a informação(como tem gente nesse meio com o rabo preso, risos).

Se voltarmos no tempo, um dos maiores jogadores de futebol de todos os tempos também fumava cigarros. Gérson, " o canhotinha de ouro" sempre foi fumante e nunca escondeu isso de ninguém.

Agora uma coisa tem que ser levada em conta. Até onde o comportamento de atletas devem virar noticia. Esse tipo de informação por parte do fotógrafo da agência Estado, não vejo com relevância, já que o ex-jogador estava em momento de lazer e em uma festa. Não acredito que alguém vá sair fumando já que o ídolo fuma. Hoje temos acesso a diversas informações de que fumar faz mal a saúde, porém ninguém deixa de fazer comerciais de cigarros. Todavia, a matéria serve de alerta para que atletas sirvam como exemplo.

O uso do cigarro não quebra regras relacionadas ao esporte, em termos de dopping, melhora no desempenho pessoal. Muito pelo contrário, provoca um número de problemas que possam abreviar seu auto desempenho.  

Agora se foto foi tirada da forma com a qual Ronaldo se referiu no twitter, aí houve quebra de privacidade e ética por parte do fotográfo. Subir em muro e flagrar a vida particular do jogador foge completamente o rigor ético e os preceitos de moralidade que a matéria quer levar. Se Ronaldo "está errado em fumar, por ser atleta, ele como repórter fotógrafo está ainda mais errado em burlar a privacidade alheia em prol de uma reportagem.

PELÉ SOLTA O VERBO

O "Rei do futebol" foi contundente e coerente em sua análise para a Copa de 2014. Os atrasos nas obras e a falta de modernização nas cidades e aeroportos pode fazer do próximo mundial o maior fiasco da história dos torneios.

Assim também enxerga Pelé, que em entrevista ao site globoesporte.com aponta vários destes fatores para uma melancólica recepção brasileira.

“O atraso nas obras é algo que está realmente nos preocupando. Todos sabem a nossa luta para conseguir a Copa do Mundo e a Olimpíada. Rodamos o mundo inteiro atrás de votos e agora estamos em um momento preocupante para todos aqueles que trabalharam nesse projeto. O Brasil tem a obrigação de fazer uma boa Copa do Mundo. O Brasil está correndo um grande risco de nos envergonhar na administração da Copa do Mundo. Principalmente na comunicação. Os aeroportos estão assustando demais. Não só o pessoal daqui, mas lá de fora também”.

A mania que o brasileiro tem de deixar tudo pra cima da hora faz isso acontecer. Lógico, que existe interesse político e financeiro nesses atrasos, com aumento nos orçamentos, fraudes em licitações e todas aquelas histórias que já estamos acostumados, mas nunca tomamos a verdadeira providência. Somos passivos, até demais.

E a consequencia disso, pode ser, sem dúvidas, uma péssima Copa do Mundo. O que vai denegrir ainda mais a imagem do Brasil no exterior.

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

ESCALA - TAÇA GB - SEMIFINAL


FLUMINENSE X BOAVISTA - JOÃO HAVELANGE - 19/02/11 - 17:00

ÁRBITRO:
WAGNER DO NASCIMENTO MAGALHÃES

ÁRBITRO ASSISTENTE Nº 1:
RODRIGO PEREIRA JOIA

ÁRBITRO ASSISTENTE Nº 2:
RODRIGO FIGUEIREDO HENRIQUE CORREA

4º ÁRBITRO:
ANDRÉ LUIZ DA SILVA SOARES

*A.A.A. Nº 1:
RODRIGO CARVALHAES DE MIRANDA

A.A.A. Nº 2:
JOÃO ENNIO SOBRAL
-------------------------------------------------------------------------------------------------------
FLAMENGO X BOTAFOGO - JOÃO HAVELANGE - 20/02/11 - 16:00

ÁRBITRO:
LUIS ANTONIO SILVA DOS SANTOS

ÁRBITRO ASSISTENTE Nº 1:
RICARDO MAURICIO FERREIRA DE ALMEIDA

ÁRBITRO ASSISTENTE Nº 2:
EDUARDO DE SOUZA COUTO

4º ÁRBITRO:
LEANDRO NOEL LARANJA

*A.A.A. Nº 1:
LEONARDO CARCIA CAVALEIRO

A.A.A. Nº 2:
RODRIGO SARAIVA CASTANHEIRA

TAÇA WASHINGTON RODRIGUES - ESCALA


TAÇA WASHINGTON RODRIGUES - SÉRIE “A” DE PROFISSIONAIS – 1º SEMIFINAL

RESENDE X BANGU - JOÃO HAVELANGE – 19/02/11 - 14:45

ÁRBITRO:
ANTONIO FREDERICO MACIEL DOS SANTOS

ÁRBITRO ASSISTENTE Nº 1:
ALEXANDRE ELLER

ÁRBITRO ASSISTENTE Nº 2:
JOSÉ CARLOS BATISTA DE ARRUDA

4º ÁRBITRO:
CLAUCIO HERMANOS FÉLIX CAMPOS DO AMARAL

*A.A.A. Nº 1:
ANDRÉ RODRIGO ROCHA

A.A.A. Nº 2:
MARCIO MENDES CABRAL
--------------------------------------------------------------------------------------------------

NOVA IGUAÇU X OLARIA - JOÃO HAVELANGE – 20/02/11 - 13:45
ÁRBITRO:
EDUARDO CORDEIRO GUIMARÃES

ÁRBITRO ASSISTENTE Nº 1:
IVAN SILVA ARAÚJO

ÁRBITRO ASSISTENTE Nº 2:
DANIEL DO ESPIRITO SANTO PARRO

4º ÁRBITRO:
MARCO AURELIO CORREIA REGES

*A.A.A. Nº 1:
GRAZIANNI MACIEL ROCHA

A.A.A. Nº 2:
DANIEL DE SOUSA MACEDO

FLU RENOVA COM A ADIDAS

Ainda nesta quinta-feira a diretoria tricolor deve assinar a renovação de contrato com a Adidas. As conversas para o novo compromisso foram iniciadas ainda em 2010. Como houve mudança no plano diretor do clube, a fornecedora de material aguardou o encerramento das sondagens de outras marcas (PUMA e OLYMPICUS) para fechar em definitivo com o tricolor, já que havia esse adendo no antigo contrato.

Valores e tempo de contrato não foram divulgados, porém, sabe-se que o clube deverá receber bem mais do que os R$ 3 milhões anuais do contrato anterior (especula-se algo próximo de R$ 8 milhões). Outra exigência do Fluminense foi a de que a Adidas aumentasse a distribuição de uniforme para o departamento de futebol e também para a venda, algo que foi prontamente atendido.
A apresentação do novo uniforme para a temporada deste ano ainda não tem data definida para acontecer, certo mesmo é que o novo modelo contará com o escudo da CBF em referência à conquista do título de campeão brasileiro do ano passado.

DE VOLTA NA SEGUNDA-FEIRA

Agora, com os problemas reestabelecidos estaremos com o INFORMATIVO PAPO E BOLA à partir de segunda-feira. Conto com vcs!

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

A BRIGA VOLTA A ESQUENTAR

FONTE UOL:

O departamento jurídico do Flamengo resolveu vender caro a entrega da Taça das Bolinhas ao São Paulo. Considerado o primeiro pentacampeão brasileiro pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol), o Tricolor paulista recebeu o troféu, que também é pleiteado pelo Rubro-Negro.

Com isso, a atitude do Flamengo foi ir à 50ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro pedindo a busca e apreensão do troféu, que deve permanecer na sede da Caixa Econômica Federal até o recurso do Flamengo na Justiça ser dado por encerrado.

O clube carioca alega descumprimento de uma liminar da Justiça por parte do São Paulo e da CBF.

“Esta situação é resultado de um descumprimento da ordem judicial. A taça nem sequer deveria ter sido entregue. Além disso, a CBF terá de ser multada em R$ 500 mil”, explicou o vice-jurídico do Flamengo, Rafael de Piro, ao UOL Esporte.

O Flamengo ainda luta na Justiça pelo reconhecimento do título brasileiro de 1987. A CBF reconhece o Sport como o campeão do ano em questão e, por isso, o São Paulo é considerado pela entidade o primeiro pentacampeão do Brasil.

DÚVIDAS?


Wallace Teixeira - photocamera
Hoje elas são muitas na cabeça de Muricy Ramalho. Com um vasto elenco e repleto de boas opções o treinador tricolor ainda não encontrou o equilíbrio ideal ao time e já fez inúmeros testes só nesta temporada.

Após oito partidas do Flu em 2011, 24 dos 30 jogadores do elenco já foram testados entre os titulares. Quem aproveitou bem a oportunidade, permaneceu. Quem foi mal, foi sacado sem o menor melindre. Do goleiro ao ponta esquerda, como se dizia antigamente, apenas uma posição permaneceu intacta: a lateral direita, onde Mariano esteve presente em todas as partidas. De resto, mudanças não faltam, fossem por necessidade ou opção.

Jogadores testados como titulares em 2011: Cavalieri, Berna, Mariano, Gum, Leandro Euzébio, André Luis, Digão, Julio Cesar, Carlinhos, Valencia, Edinho, Diogo, Diguinho, Fernando Bob, Conca, Marquinho, Deco, Souza, Tartá, Araújo, Rodriguinho, Willians, Fred e Rafael Moura.

Jogadores ainda não testados como titulares: Rafael, Gerson, Marquinhos (entrou no decorrer das partidas), Thiago Sales, Emerson e Belletti.

Isso mostra o quanto treinador espera de seus comandados. Nesta quarta-feira, Muricy utilizou o bate-papo para aparar as arestas para a semifinal de sábado, contra o Boavista, às 17h(horário de Brasilia), no Engenhão.

Nesse período o treinador contou com algumas boas surpresas, decepções e invensões. O artilheiro Rafael Moura, que teve passagem apagada pelo tricolor em 2007, voltou com a corda toda e tem salvado o Fluminense em partidas importantes. Já foram 5 gols nesse retorno. A decepção fica por conta do goleiro Diego Cavalieri que mostrou estar completamente fora de ritmo físico e técnico. Foi uma boa opção encontrado pelo clube à disposição no mercado, porém precisa aprimorar todos os fundamentos. A invensão ficou por conta do Willians que participou de meio jogo contra a Cabofriense, onde marcou o gol e iniciou a partida contra o Argentinos Júniors, onde foi muito mal. Na última partida, nem no banco ficou.

O time está longe de ter a consistência do Campeão Brasileiro de 2010 e o tricolor deve ficar muito atento à Libertadores, já que tem um dos grupos mais complicados e o inicio não foi ideal. Mesmo assim vejo o Flu favorito nas duas frentes. É aguardar o time entrar no eixo.

CHANCE ENTRE OS TITULARES

Bernardo, recém contratado junto a equipe do Cruzeiro ganhou a primeira oportunidade entre os titulares, no treino realizado nesta quarta-feira, em São Januário. O jogador entrou na vaga de Jéferson, que com dores estomacais ficou de fora.

Outro jogador que não treinou foi Eduardo Costa, que ficou fazendo tratamento na fisioterapia e é dúvida para o próximo jogo. O restante do time foi o mesmo que goleou o América por 9 a 0 na última rodada da Taça Guanabara: Fernando Prass; Fagner, Dedé, Anderson Martins e Ramon; Romulo, Fellipe Bastos, Felipe e Bernardo; Eder Luis e Marcel. Na segunda parte da atividade, Enrico entrou no lugar de Bernardo.

O Vasco volta a campo, dia 23, onde estreia na  Copa do Brasil,  contra o Comercial-MS, no Mato Grosso do Sul.

LEANDRO EUZÉBIO FORA DA SEMIFINAL

Leandro Euzébio será desfalque no Fluminense na partida contra o Boavista, sábado, às 17h (de Brasília), no Engenhão, pela semifinal da Taça Guanabara. Ainda em fase de recuperação de uma torção no tornozelo esquerdo, sofrida no clássico diante do Botafogo, pela sexta rodada da fase de classificação, o zagueiro está entregue a fisioterapia e, mesmo que seja liberado ainda esta semana, não terá tempo hábil para se recondicionar fisicamente a tempo de encarar a equipe de Saquarema. Digão será seu substituto.


SERVIÇO FLUMINENSE X BOAVISTA

Começou à venda de ingressos para Fluminense x Boavista, para a semifinal da Taça Guanabara, sábado, no Engenhão, às 17h.

Fluminense x Boa Vista
Data: 19/02/2011 – sábado – 17h
Abertura dos portões: 14h30
Local: Estádio Olímpico João Havelange - Engenhão
Preliminar: Resende x Bangu (14h45)
Venda Antecipada:
Locais:
 Zona Sul
Pallu Turismo – Largo do Machado, 29, sala 618 – Catete;
Loja do Aluno Livraria – Av. Bartolomeu Mitre – Leblon;
South Botafogo Praia Shopping – Praia de Botafogo, 400, loja 329 – Botafogo;

Centro

021 Turismo – Av. Rio Branco, 185, sala 1929 – Centro;
Zoar Turismo – Av. Graça Aranha, 81, sala 612 – Centro;

Zona Norte
Loja South
• Rua Fonseca, 240, loja 113 – Bangu;
• Av. Maracanã, 987, loja 2071 – Tijuca;
• Rua Barão de São Francisco, 236, loja 241 – Andaraí;
• Estrada do Portela, 222, loja 383 – Madureira;
• Rua Dias da Cruz, 151 – Méier

Posto BR
• Bougainville - Rua Uruguai, 48 - Tijuca;
• Posto Catita - Av. Santa Cruz, 6066 - Bangu
Estádio Olímpico João Havelange (Engenhão)

Zona Oeste
Posto BR
• Parque das Rosas - Av. das Américas, 3757 - Barra da Tijuca;
• BR Jacarepaguá - Estrada dos Bandeirantes, 3300 - Jacarepaguá;
• BR Praia da Barra - Av. Lucio Costa, 6660 – Barra da Tijuca;

Lojas South
• Av. Geremario Dantas, 404, loja 318/319 – Jacarepaguá;
• Passeio Shopping – Rua Viúva Dantas, 100, lojas 126, 128 e 130 – Campo Grande;
• Rua Felipe Cardoso, 241 - Santa Cruz;
• Via Parque – Av. Ayrton Senna, 3000, loja 2046 – Barra da Tijuca;
• West Shopping – Estrada do Mendanha, 555, loja 233A – Campo Grande;
Shell – Rua Felipe Cardoso, 1975 – Santa Cruz;




Niterói e São Gonçalo
Casa do Atleta
• Rua Capitão Antônio Martins, 132, loja 3 – Alcântara;
• Rua José Clemente, 34 – Niterói;

Mania de Torcedor
• Alcântara – Rua Palmira Ninho, 79, loja 6 – Niterói;
• Icaraí – Rua Cel. Moreira Cesar, 265 – Niterói;
• Centro – Av. Rio Branco s/n – Niterói;
Resident Games – Rua XV de Novembro, 8, loja 181 – Niterói;
Shell – Av. Roberto Silveira, 9 – Icaraí;
South – Av. São Gonçalo, 100, loja 233 – São Gonçalo;

Outras localidades
Loja South
• Av. José Bento Ribeiro Dantas, 222 – Armação de Búzios;
• Estrada Municipal São João de Caxias, 111, loja 268
• Nilópolis Square – Rua Professor Alfredo Gonçalves Figueira, 100, loja 125 – Centro;
• Caxias Shopping – Rodovia Washington Luís, 2895, loja 206I – Vila São Luis;
• Só Tricolor - Petrópolis - Rua Teresa, 1515, Loja 69

Início: 16/02/2011 (quarta-feira)
Horário: das 10h às 17h
Venda para Sócios:
Local: Sede do Fluminense
Venda pela Internet:
Comprar pelo site www.ingressomais.com.br
A partir de 16/02/2011
Venda no dia do Jogo:
As bilheterias abrirão às 10h
Preço dos Ingressos:
Setor Norte e Sul – R$ 30,00 (trinta reais)
Setor Leste Superior – R$ 40,00 (quarenta reais)
Setor Leste Inferior – R$ 60,00 (sessenta reais)
Setor Oeste Superior – R$ 40,00 (quarenta reais)
Setor Oeste Inferior – R$ 60,00 (sessenta reais)
Distribuição de Ingressos:
Lotação do Estádio – 42.000 (quarenta e dois mil) lugares
Gratuidades legais (Idosos – L1833/91; Deficientes Físicos – L2051/92; Menores de 12 anos - L4476/04) - 4.000 (quatro mil) lugares
Cortesias: 1.190 (mil cento e noventa) lugares
Carga de ingressos disponibilizados para venda: 40.810 (quarenta mil oitocentos e dez) lugares
A venda de ingressos será efetuada de forma on-line, isto é, os ingressos serão impressos no momento da aquisição por cada um dos torcedores, razão pela qual não há uma carga de ingressos definidos para cada posto de venda.
Os acompanhantes dos beneficiários da gratuidade legal deverão adquirir ingresso para acessar o estádio. Caso os acompanhantes tenham adquirido o ingresso para a partida e no momento do acesso ao estádio o limite de ingressos destinados aos torcedores beneficiários da gratuidade legal e os ingressos destinados a venda tiverem se esgotado, não será permitido o acesso desses torcedores beneficiários da gratuidade legal, a fim de se garantir a segurança dos torcedores presente ao estádio.
Acesso de torcedores
Oeste inferior e superior: Fluminense
Norte: Boavista
Sul: Fluminense
Leste inferior e superior: Fluminense
COMO CHEGAR  AO ENGENHÃO:
- Metrô Rio

Você deve saltar na estação Del Castilho da Linha 2 do metrô, depois pegue um ônibus para o estádio, cerca de 5 (cinco) minutos da estação ao estádio.


- Ônibus

As linhas que passam pelo estádio são as seguintes: 238, 239, 254, 255, 260, 267, 277, 284, 296, 298, 383, 391, 457, 485L, 494L, 505, 535, 544, 560, 580, 606, 623, 624, 627, 636, 638, 639, 650, 651, 652, 653, 661, 662, 663, 669, 673, 675, 676, 678, 680, 684, 687, 688, 689, 690, 696 e 729.

Para quem vem da Zona Sul, as linhas que passam pelo estádio são: 457 e a 485L.

Para quem vem do Centro do Rio as linha que passam pelo estádio são: 238, 239, 254, 261, 277, 284, 296, 298, 267 e 260.

Para quem vem da Tijuca as linhas que passam pelo estádio são: 606, 638 e 639.

- Outras linhas para se chegar ao Engenhão:

277: Rocha Miranda à Praça 15, te deixará na frente do estádio.

669: Pavuna à Méier, te deixará na frente do estádio.

650: Mal. Hermes à Engenho Novo te deixará na Avenida Dr. Hélder Câmara

284: Praça Seca à Tiradentes te deixará na Avenida Dr. Hélder Câmara

298: Castelo à Acari te deixará na Avenida D. Hélder Câmara


Trem (Supervia)

Na estação do Engenhão (Engenho de Dentro) param trens com o seguinte destinos: Bangu, Deodoro, Campo Grande, Japeri e Santa Cruz, R$ 2,50.